Intercambista deixa mensagem para a ONG

A intercambista chinesa Olivia Chan esteve em Santa Maria por apenas seis semanas. Apesar do pouco tempo, a experiência foi muito enriquecedora para ela. Hoje, ela nos conta aqui no blog um pouco mais sobre como foi conhecer o nosso país e também deixa mensagens para os integrantes da ONG. Confira:

“O que eu mais gostei no Brasil e especialmente no Rio Grando do Sul é a cultura única que vocês têm. Eu penso que eu sei como é se sentir como uma cultura única mesmo dentro de um país, já que eu sou de Hong Kong. É como se nós fossemos parte do país, mas não exatamente.

Eu amei santa Maria. As pessoas são a melhor parte disso, especialmente em Santa Maria. Eu sei que há uma barreira da linguagem e da diferença cultural, mas eu realmente apreciei o fato de que todos tentaram conversar comigo, mesmo que isso fosse muito difícil. Muitos sempre colocaram fora a sua vergonha e conversaram comigo em inglês. Confiem em mim, sejam mais confiantes sobre o inglês, porque vocês são bons nisso. Tudo é uma questão de tentar falar e depois colocar em prática. Obrigada à todos que me ajudaram nessas seis semanas. Eu tive um tempo maravilhoso.

Sobre a ONG Infância-Ação, eu saúdo o fato de que vocês todos estão fazendo esse voluntariado. Eu não sei como vocês fazem isso, ao mesmo tempo em que fazem seus trabalhos escolares. Eu amo todos nessa organização. Todos passaram da simpatia para outro nível comigo,  penso que isso vem do trabalho que desenvolvem com as crianças.

Os projetos são maravilhosos e vocês fazem coisas substanciais para as crianças. Eu acho que em alguns projetos (especialmente o Fazendo Rir),   não consegui ajudar porque a barreira da linguagem é difícil. Mas também penso, que estudar inglês vai cooperar para que a organização continue fazendo maravilhosos projetos. Eu acho essa uma fabulosa idéia.

O clubinho de línguas é o meu projeto favorito, pois eu senti que poderia ajudar mais. O outro que mais gostei foi a Turma do Chiquinho, na creche estação dos ventos. O amor pelo qual aquelas crianças esperam é extraordinário. Eu senti que mesmo que não falasse a mesma linguagem que todos, eles queriam abraços e beijos de mim.Seria melhor se eu tivesse tempo para conhecer mais sobre as histórias individuais daquelas crianças. Eu não sei se estou em lugar de dar alguma opinião, já que não passei muito tempo, mas eu acho que incorporar aulas de boas maneiras pode ser útil para aquelas crianças.

Espero que isso seja útil. Muito obrigada a todos por tudo.  Eu não consegui dizer individualmente obrigada à todos. Mas deixe todos saberem que eu aprecio tudo o que fizeram por mim.”

Olivia realizou um intercâmbio social, por meio da AIESEC, para trabalhar nos projetos da ONG Infância-ação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s